Nhoque sem glúten de Batata roxa ao molho de tahine e cogumelos assados

nhoque1.jpgOlá queridos! Olha eu aqui mais uma vez nessa semana pra tentar compensar o tempo sumida trazendo uma receita que eu fiz esse fds e fiquei apaixonada. Sério, eu realmente fiquei apaixonada. Sabe quando você não consegue parar de olhar pro prato que fez? Essa foi minha relação com esse nhoque.

Fazia tempo que eu não comia massa nenhuma, e devo dizer que sou uma viciada em massa em recuperação, por isso mesmo estando com o peso em dia tinha medo de começar a comer massa de novo e não parar mais. Outra questão é que eu estou cortando o glúten da minha alimentação (em um post futuro explico o porquê) então farinha branca não rola.

nhoque3.jpg

Foi aí que eu encontrei pelos pinterests da vida essa receita de nhoque de batata doce (uhul, mantendo os níveis glicêmicos no lugar) e sem glúten. Claro que testei na hora. O molho e o acompanhamento eu pensei com o que tinha em casa. Fiz um molho branco com couve-flor e tahine que eu já tinha preparado (tahine, alho e cebola em pó, limão e sal). Pra acompanhar, cogumelo portobello assado e marinado no mesmo molho que faço pro bacon de tofu do espaguete à carbonara.

Eu não tenho experiências muito boas em fazer massas elaboradas, então comecei a receita com medo de dar errado. Mas ela é tão fácil que não tem muito como errar. Deu tudo certo, do início ao fim. E o resultado final foi MUITO GOSTOSO e MUITO BOM. Eu fiquei muito feliz por estar comendo massa depois de tanto tempo. O melhor é que eu pude comer sem culpa porque ele é super saudável.

Bora aprender a fazer?

Receita

Para o nhoque:
Ingredientes

  • 500g de batata doce (usei a roxa porque amo a cor dela e porque ainda tá na época ❤ – encontro ela no Horti Fruit mas também é fácil encontra-la em feiras orgânicas nesses últimos meses)
  • 1 xícara de farinha de arroz integral
  • 1 xícara de fécula de batata
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 ovo de linhaça (1 colher de sopa de farinha de linhaça hidratada por 10 minutos em 2 colheres e sopa de água)
  • 1 colher de sopa de sal

Modo de fazer: Cozinhe as batatas descascadas até que estejam desmanchando e amasse com o azeite. Logo após, misturar o ovo de linhaça. Misture as farinhas ao purê e comece a mesclar (com a mão mesmo). Depois que formar uma massa homogênea, polvilhe a fécula em uma superfície e molde cobrinhas com a massa. Corte em pedaços e reserve. Agora é hora de cozinha-los. Assim como você faz macarrão, coloque água pra ferver em uma panela com óleo e sal. Após levantar fervura, acrescente o nhoque e cozinhe. O ponto ideal é quando eles começam a boiar na panela. Retire e sirva.

Para o molho branco de tahine: 
Ingredientes

  • 1/2 maço de couve-flor
  • 3 colheres de tahine
  • suco de 1 limão (ou mais se preferir)
  • 1 + 1/2 colher de sopa de alho em pó
  • 1 + 1/2 colher de sopa de cebola em pó
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de fazer: Cozinhe o 1/2 maço de couve-flor até que fiquem bem molinhas. Após isso, bata no liquidificador com um pouco da água do cozimento (vá acrescentando aos poucos, de início eu coloco 2 colheres de sopa e vou adicionando e monitorando a consistência. O ponto ideal é quando ele fica um molho bem cremosinho e homogêneo, ou seja, sem pedaços de couve-flor. Após isso, juntar com os outros ingredientes e servir por cima do nhoque.

Para os cogumelos:
Ingredientes

  • Cogumelos portobello
  • Molho shoyo
  • Fumaça em pó
  • Pó de beterraba
  • Pimenta do reino
  • Alho e cebola em pó

Modo de fazer: Preaqueça seu forno a 200 graus. Limpe bem os cogumelos com um papel toalha úmido. É importante que a higienização dos cogumelos seja feita dessa forma, pois cogumelos funcionam como uma esponjinha, se você lavar ele vai absorver toda a água e impedir que o molho da marinada fixe bem. Depois de limpos, coloque os cogumelos em uma travessa e despeje o molho sobre eles (não coloquei medidas porque, sinceramente, nessa parte é muito gosto pessoal e feeling). Após passados 15 minuto,s retire os cogumelos do forno e molhe-os com o molho que já tá na travessa e deixe por mais 15 minutos. Se preferir, repita esse processo e leve-os por mais 5 a 10 minutos novamente ao forno. Agora é só retirar e servir.

É bem fácil, não é? Fiz ele em um dia de correria e ainda ficou com cara de prato elaborado. Me contem se vocês testarem a receita, principalmente se fizerem adaptações. Encontrem seus molhos ideais, acompanhamentos, ou até mesmo substituições de farinhas, as receitas que eu dou aqui no blog é só pra dar um direcionamento pra vocês, quero que todos se sintam livres e entendam que a maioria das vezes dá para cozinhar com o que tem em casa! 🙂

 

Anúncios

2 comentários em “Nhoque sem glúten de Batata roxa ao molho de tahine e cogumelos assados

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: