Vegano no churrasco: Como sobreviver e receitas

Eu faço aniversário 3 dias antes do meu melhor amigo, e todo ano a gente resolve comemorar juntos. Esse ano a gente decidiu ir pra casa de praia dele e chamar vários amigos pra um final de semana de festinha e churrasco. Então, no final de semana do meu aniversário fizemos as malas e fomos pra Ipiabas. Vou contar pra vocês um pouquinho de como foi minha viagem, principalmente como sobreviver à viagem com os amigos sendo a única pessoa vegana do grupo.

Vamos lá, pro café da manhã eu fui de sorvete de banana e morango congelados (coloquei no congelador no dia anterior) e pus de topping as frutas que levei: Maracujá, romã e toranja. Quem me segue no instagram provavelmente viu a foto que postei. 🙂

Captura de Tela 2017-10-22 às 23.42.02

Depois do café da manhã…hora do churrasco! Enquanto meus amigos preparavam os bichos  o churrasco, eu preparava meus espetinhos. A montagem é simples. Cortei e separei os ingredientes e fui colocando no espeto. Usei: Pimentão vermelho, pimentão amarelo, abobrinha, cebola roxa, berinjela, tofu defumado, bife vegetal da sora (só em alguns porque tinha pouco, foi o que sobrou do estrogonofe – ele é dispensável), couve de bruxelas e cogumelo paris.

DSC_0310

Antes de levar pra grelha eu pincelei com um molho que fiz com barbecue vegano, shoyo, mostarda, azeite e pimenta do reino. A cada alguns minutos (foi meio no feeling) eu jogava mais do molho no espetinho enquanto estava na grelha.

DSC_0322

Pra acompanhar comi a própria guarnição que já estava pronta. Tudo foi feito sem utilizar nenhum ingrediente de origem animal a pedido do dono da casa. Não como na minha rotina arroz branco nem farinha de mandioca mas nesse dia abri uma exceção.

DSC_0328

DSC_0338

Como almoçamos bem tarde, não teve lanchinho. Meu lanchinho foi uma água de coco que bebi entre as refeições. Depois disso foi a festa. YEY! A comida era basicamente comida de festa, ou seja, coxinha, brigadeiro, bolo de chocolate e etc. Basicamente não tinha nada que eu eventualmente poderia comer, então fiz minha própria comida de festa 🙂

DSC_0263

Chips de batata doce amarela e roxa no microondas! Pra acompanhar, vegan nacho e sour cream de tofu. Pra fazer as batatas é só cortar elas em fatias bem fininhas, pincelar com azeite e levar pro microondas por 3 minutos. Depois desse tempo você tira e dá uma olhadinha, provavelmente precisará de mais 3 minutos. Se esse lado já estiver ok é hora de virar as batatas e repetir o processo. Depois de mais ou menos 6 minutos elas já devem estar prontas. Agora é só colocar sal e pimenta do reino e ser feliz com seus molhinhos. A receita do queijo nacho vegano eu vou deixar para um próximo post antes que esse post aqui vire uma bíblia! rs. Mas prometo que volto nesse post pra deixar o link da receita quando postar.

DSC_0252

“Ah, mas você só comeu batata a noite inteira?” Ai gente, quem me dera ser essa pessoa. Mas a verdade é que eu gosto muito de comida. Então fiz muito falafel e muito hummus pra acompanhar porque nós é humano! hahah

DSC_0353

Pra fechar, uma foto da minha caipirinha de abacaxi com hortelã adoçada com stevia e meu Brownie do Luis Vegano da Bela Gil! *o*

20171007_152236

Esse post é um recado pras pessoas que me chamam pra churrasco e logo depois se desculpam dizendo “esqueci que você não come carne”. Migos, me chamem pra churrasco siiim, de fome eu não morro nessa vida. É isso queridos, vamos mostrar pras pessoas que vegano num é alien não e vivemos todas as situações da vida normalmente, e de quebra temos a consciência limpa na medida do possível! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: