Desvendando meus higienizadores 100% vegetais e Oil Cleansing Method

* Nesse post contém informações dos benefícios dos seguintes ativos:

  • Argila verde
  • Óleo essencial de tea tree (melaleuca)
  • Óleo vegetal de cenoura
  • Óleo vegetal de coco
  • Extrato de alecrim

Olá queridos! Eu disse que postaria bem rápido, não? E eu vim aqui logo depois de fazer aquele post grande sobre os cosméticos 100% naturais que eu uso pra desvendar a forma com que eu lavo o meu rosto.

Pro post não ficar longo demais, já vou deixar o que eu uso pra higienizar o meu rosto aqui no início:

  • Sabonete líquido e suave feito a base de argila verde e óleo essencial de tea tree
  • Óleo de cenoura com extrato de alecrim e umas gotinhas de óleo de rosa mosqueta
  • Demaquilante feito com óleo de coco 100% puro

Como assim, óleo pra limpar o rosto? na pele oleosa? jamais! – Já posso escutar vocês falando. Antes que comecem a me achar louca, tire menos de um minuto do seu tempo pra entender um método de limpeza chamado Oil Cleansing Method.

DSC_0316 editada.jpg

Oil Cleansing Method – O que é?

De forma curta e resumida: É um método que utiliza óleos 100% vegetais, orgânicos e naturais pra limpar, higienizar e purificar a pele.

Como ele funciona?
Esse método funciona baseado no fato de “igual anula igual” – óleo anula óleo. Mas como assim? Calma, é mais simples do que parece. O fato é que a nossa pele produz óleo naturalmente, e muitos dos produtos que dizem ser pra pele oleosa funcionam com uma base extremamente limpante – como sulfato, algumas vezes álcool – que retiram esse óleo da derme, sendo agressivo a camada exterior da pele e a irritando. Acontece que nossas glândulas sebáceas entendem a retirada feroz de óleo como uma agressão e responde produzindo mais óleo, entendendo que agora a pele se encontra ressecada e precisa ser rehidratada. Esse é o famoso efeito rebote. É por isso que não é indicado lavar peles oleosas mais do que 2x por dia.

Para que isso não aconteça, principalmente – mas não só – se sua pele for oleosa, é recomendado usar produtos com o ativo limpante o mais suave possível. Muitas pessoas já utilizam gel higienizador (uma versão mais light do sabonete facial) pra fazer a limpeza do rosto porque entenderam que pra um produto limpar com eficácia  seu rosto ele não precisa arrancar um pedaço da derme pra isso, e sim retirar as impurezas de forma não agressiva.

A limpeza ideal da sua pele não envolve uma retirada do óleo, e sim um equilíbrio entre os óleos. Nesse caso, os óleos vegetais são excelentes limpadores pois carregam junto o óleo natural da sua pele com o próprio óleo, sendo retirado na toalha de microfibra ou disco de algodão, promovendo uma limpeza não agressiva, suave e mantendo também todos os benefícios presentes em um óleo vegetal, que vai depender do que você escolher á pra ser seu higienizador.

Tá, mas isso funciona na prática?

Ok, eu também não acreditei de cara. Eu usava tônico adstringente com álcool e precisava sentir a pele repuxar pra sentir ela limpa. Aí eu comecei a usar o óleo de coco como demaquilante, e em uma noite de muita preguiça, cheguei em casa super tarde e precisando tirar a maquiagem antes de dormir, nem pensei: só limpei bem com o óleo de coco e tirei o máximo do óleo que consegui com discos de algodão. No dia seguinte a minha pele acordou tão bem que eu não acreditei que fosse só pelo uso do óleo de coco. Repeti isso algumas vezes pra confirmar e, comprovado, sempre que eu fazia isso meu rosto acordava uma seda, com a oleosidade super controlada e minhas acnes desinflamadas. Só depois eu fui conhecer o Oil Cleansing Method e entender o que tinha acontecido.

Ainda não acredita que pode funcionar? Tudo bem, eu super te entendo. Mas se você quiser comprovar, por que não faz um teste? Recomendo o próprio óleo de coco pra ser utilizado na primeira vez, porque ele é um óleo nada carregado e que tem um ótimo potencial de limpeza.

Ok, agora vamos supor que você ficou tentada a testar em casa. Como funciona essa limpeza?

Modo de fazer

Lave bem o seu rosto com água. Após isso, pingue umas gotinhas de óleo na sua mão limpa (por favor, bem limpa) e massageie beeem por uns minutos. Uns 2 minutos pelo menos. Gosto da dica de uma blogueira que acompanho (Kah, do blog Acorda, Bonita!) que diz que essa é a hora de você pensar na vida, pensar em você, sobre como é bom poder separar um tempo pra cuidar de você mesmo e do seu corpo. Depois disso, você vai pegar uma toalhinha de microfibra bem limpinha e umedecida com água quente (temperatura suportável ao rosto) e pressionar sobre o rosto pra tirar aquele óleo com a toalha de leve, bem suave. Ela vai ajudar a dar uma esfoliada suave também. Repita esse passo até sentir que sua pele já está livre do óleo. Depois é só lavar a toalha em água corrente e deixar secar.

Esse é um método de limpeza intenso, então não recomendo fazê-lo todos os dias. Eu faço a cada 2 dias, ou seja, dia sim e dia não. No dia que não faço, é o dia que eu lavo a pele do rosto 1x por dia com um sabonete líquido quefalarei sobre.

Sobre o sabonete de argila verde e óleo essencial de tea tree

Esse é o sabonete que uso pra alternar com o óleo de cenoura. É, na verdade, feito com base de um sabonete em barra que comprei, da marca 100% vegetal Fefa Pimenta em uma feira vegana. Eu adoro esse sabonete, mas procurava algo super hiper extremamente suave para alternar com o óleo de cenoura. Então o que eu fiz foi diluir esse sabonete em uma grande porcentagem de água e transformá-lo num sabonete líquido. Fiz isso cortando o sabonete em pedacinhos bem pequenos e esquentando com 1/6 xíc de água filtrada (essa quantidade depende muito do sabonete), em uma leiteira. Fogo alto até levantar fervura, depois abaixe o fogo e mexa com uma colher de pau ou espátula até derreter. A textura que deve ficar é bem líquida mesmo, porque ele ainda vai engrossar bastante quando esfriar. Depois que esfriar dá uma mexida pra incorporar e homogeneizar e já tá pronto pra guardar na embalagem.

O que ele faz?

Argila verde – A argila verde já é conhecida pelos seus efeitos poderosos no auxílo à uma pele bonita e saudável. Ela limpa, hidrata, purifica, esfolia, é remineralizante, por ter alta concentração de minerais como titânio, cobre, magnésio, zinco, cálcio, potássio, entre outros. Ela absorve as toxinas, elimina a oleosidade, tem propriedades anti sépticas, melhora a circulação, estimula a renovação celular, suaviza e amacia a pele. Também podem ser usadas no couro cabeludo.
Tea tree –  Ele é um dos super óleos essenciais e é um poderoso remédio natural para diversas coisas, promovendo aumento de imunidade, é anti infecção, anti inflamatório, combate a placa dentária, um dos ingredientes mais indicados no combate à acne e micoses, dor de garganta… Ele também é antibiótico, antiviral, balsâmico, bactericida, cicatrizante, revigorante, expectorante, fungicida, inseticida, estimulante e sudorífero.  E pode ser usado até mesmo na limpeza da casa. Além disso, pode – e é – constantemente utilizado em conjunto com o óleo de lavanda. Se você está pensando em comprar algum óleo essencial e ainda não decidiu eu te recomendo que compre o de Tea Tree e lavanda (ou um dos 2) pela sua versatilidade e alto poder curador.

Sobre o óleo de cenoura com alecrim

Esse é o óleo que escolhi pra fazer a minha higienização, pois já utilizava o óleo de coco como demaquilante e quis dar uma variada pra receber benefícios diferenciados. Uso ele apenas 1x no dia, a cada 2 dias, ou seja, alternando dia sim e dia não.

O que ele faz?

Óleo de Cenoura – O óleo de cenoura é uma fonte altíssima de betacaroteno, também conhecido como pró-vitamina A. O betacaroteno é facilmente absorvido pela pele, sendo ótimo composto a ser utilizados para fins de tratamento cutâneo. Além disso ele possui ácidos graxos, vitaminas B, C e D, pró-vitaminas A (a pele ama muito vitamina A) e K, carotenóides, ácido málico, antioxidantes e açúcares. Resumindo, esse óleo funciona como um anti idade, antioxidante, estimulante e renovador celular, cicatrizante e hidratante. Ah, tem um (ainda que baixo) fator de proteção solar e também é frequentemente usado em shampoos pra acelerar o crescimento dos cabelos.
Extrato de alecrim – O alecrim é um ótimo adstringente, esse foi o maior motivo pra eu acrescentá-lo ao óleo de cenoura, já que tenho a intenção de limpeza. Além disso, ele protege as células da pele dos danos externos e radicais livres, ajuda a eliminar toxinas do corpo, é antioxidante, hidratante, remove as impurezas, e age como um tônificante. Ele não é ultra imprescindível, mas eu tinha em casa e achei que casaria perfeitamente com o óleo de cenoura pra finalidade que eu queria.

 

Sobre o demaquilante de óleo de coco

Esse é meu companheiro de longa data e não largo por nada. Sério, melhor demaquilante da vida. Não sei como vivia antes de conhecer essa funcionalidade dele. Limpa muito, muito mesmo. Tira até essas máscaras de cílios que não saem nem com reza braba. TIRA GLITTER. PONTO. Ou seja, limpa muito. Mas ele também é bem suave ao mesmo tempo. No final não deixa minha pele repuxando, pelo contrário, deixa ela com o aspecto de limpa e macia ao mesmo tempo. Também sinto que desinflama meu rosto.

O que ele faz?

O óleo de coco é rico em vitaminas K, E e ferro. Esse óleo possui alto poder nutritivo. Hidrata e limpa a derme profundamente. Tem propriedades clareadoras, antioxidante (coco, né mores?) e cicatrizantes. Ele é capaz de penetrar na sua pele em um nível mais profundo do que outros produtos cosméticos por causa do seu baixo peso molecular e por causa da forma de como se liga às proteínas. Mata bactérias, por isso pode ser usado como pasta de dente ou desodorante, por matar as bactérias que promovem o mau cheiro (e também por isso é um excelente aliado no combate à acne). Sem contar que também pode ser utilizado na culinária, pra cabelo, unha…tudo! É um dos óleos vegetais mais versáteis que há no mercado.

 

E como é a minha rotina de limpeza?

Na parte da manhã, é a hora em que eu lavo o meu rosto usando um dos higienizadores – o óleo de cenoura ou o sabonete. Um dia uso o óleo e no dia seguinte uso o sabonete. Depois dessa etapa eu hidrato (é bom hidratar bem, por isso uso um hidratante que é super potente embora seja indicado pra peles oleosas) a minha pele e costumo aplicar o leite de magnésia como primer.

Na parte da noite a única coisa que uso pra limpar o meu rosto é o demaquilante de óleo de coco. Retiro tudo o que posso retirar com discos de algodão umidificados na água morna. Depois dessa etapa tônifico a minha pele (meu tônico contém vinagre, que não pode ser exposto ao sol, por isso escolho a parte da noite pra utiliza-lo) e hidrato.

Acharam pouco pra lavar um rosto? Lembrem-se que limpeza de mais é agressiva e prejudicial, mas principalmente tenham em conta que conforme vamos passando a usar produtos 100% naturais e vegetais em nossa rotina de beleza, a frequência da necessidade de limpeza vai reduzindo cada vez mais. Não é como se você chegasse num momento que não precisa mais limpar a pele, mas sim com menos frequência no dia a dia.

O que acharam do post? Querem ver mais posts desse tipo? Me deixem avisada!

E não se esqueçam que ainda temos post do tônico, hidratante e os outros produtos 100% vegetais utilizados na minha rotina de cuidados com a pele do rosto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: