O porridge perfeito

Quem visitar meu instagram vai perceber que talvez eu goste muito de porridge, pois meu feed é lotado de fotos de porridges de diferentes formas. E é real, desde que eu descobri essa receita a gente nunca mais se separou.

Meu relacionamento (<3) com o porridge começou em um inverno na Argentina. Quando eu morava no Brasil, acordava e quase que mecanicamente preparava o meu café, que era basicamente o religioso café da manhã do cidadão médio brasileiro: Café preto e pão francês (sim, pão francês é vegano na maioria das vezes, mas é bom checar com a padaria onde você compra se não tem nenhum ingrediente de origem animal – pra ter certeza você pode dizer que é ALÉRGICO que eles vão conferir certinho pra você).

Morar na Argentina me tirou muito da zona de conforto pois café preto lá não é tão baratinho assim (NEM GOSTOSO) e o pão francês também não é tão fácil de achar (nem eu sairia de casa no escuro pra comprar – na Argentina começa a amanhecer depois das 8h). Eu tinha aula cedo e precisava levantar às 7h. Agora imagine sair da cama às 7h com -4º?

Era uma tarefa difícil. E aí eu conheci o Porridge. Era o café da manhã perfeito! Segurava a minha fome até a hora do almoço, quentinho, era fácil e rápido de fazer e ainda por cima barato. Como não amar? E ele ainda é super versátil, então você pode preparar várias versões diferentes pra não ficar entediado. Porridge de brownie, cinnamon roll, red velvet, de banana.. o céu é o limite. Sem contar que ele é perfeito pra adicionar aquelas coisas saudáveis que você sente que precisa implementar na sua vida mas não sabe onde colocar tipo chia, linhaça, amaranto e etc.

O porridge nada mais é do que um nome chic pra dizer mingau de aveia. É uma receita de origem escocesa. Hoje eu vou ensinar a vocês como fazer a versão tradicional dele. Com essa receita vocês podem adaptar e fazer da forma que preferirem. Mas já aviso que eu com certeza postarei futuramente outras formas de prepará-lo!

Na minha opinião, fazer o porridge perfeito não tem apenas a ver com a receita e ponto, mas também com o que você coloca de topping. Pra mim é quase obrigatório ter: frutas ou geléia e manteiga de oleaginosas! Essa é a forma que conheço, amo e a que vou ensinar pra vocês.

 

Ingredientes

  • ½ xíc. de aveia em flocos finos
  • 1 xíc. de água filtrada
  • 1 colher de sopa de essência de baunilha
  • Canela em pó a gosto
  • 1 colher de melado (adoce como preferir)

Modo de fazer

Em uma panela, coloque a água e a aveia para cozinhar em fogo médio/baixo. Mexa pra não grudar. O ponto é quando você percebe que a aveia se desfez e tudo virou um creminho – pode ficar os pedacinhos de aveia, eu pelo menos adoro. Isso deve demorar mais ou menos 5 minutos. Depois de atingido o ponto, adiciona a essência de baunilha, canela em pó e se estiver usando açúcar você precisa adoçar nessa hora. Com o melado eu gosto colocar por cima das frutas. Admito que não adoça muito o próprio porridge, mas eu não me importo muito com isso.

Transfira pra uma tigela e adicione os toppings à escolha. Eu gosto muito dele com banana, frutas vermelhas e manteiga de amêndoa (mas a de amendoim também fica maravilhoso). E tá pronto! 

Aqui embaixo eu vou deixar umas fotos de outros toppings pra você se inspirar:

4.jpg

1.jpg

2.jpg

3.jpg

foto2.jpg

Anúncios

Um comentário em “O porridge perfeito

Adicione o seu

  1. Gente, to apaixonada pelo seu blog e agora um tanto assustada!
    Eu fui vegana durante 8 meses mas acabei adoecendo porque eu trabalhava num lugar onde eu só conseguia ter no máximo 2 refeições por dia pois os horários eram terríveis. Acabei largando o veganismo mas com uma culpa. Quando assisti seu vídeo de comida vegana pro menos de $50 por semana pensei “É AGORA, BRASIL E ITÁLIA, É MEU MOMENTO” e decidi que em Junho, volto pra academia e pro veganismo. Agora acabei de ler que você mora na Argentina ♥ eu trabalho numa rede de hotelaria e to esperando completar 1 ano pra pedir transferência pra Buenos Aires. Eu ficaria s u p e r realizada se você fizesse um post sobre lugares veganos pra se comer na Argentina, os tipos de fruta que você encontra por aí, se tem uma comunidade vegana ativa em BsAs e como é ser vegana por ai. Admito que eu to louca pra comer todos os doces argentinos possíveis mas se houvessem doces argentinos vegaaaaaaaaanos, eu ia ganhar 3 vidas extras só com a felicidade kkk No mais seu blog é muito fofo assim como seu canal no youtube! Plataformas como a sua passam informações super legais pra quem quer entrar no veganismo e até pra quem já faz parte dele, obrigada pelo serviço ♥

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: